SME 2 semanas atrás

OPORTUNIDADES: Olimpíada da Língua Portuguesa amplia formação de alunos em PG


por Rodrigo Kwiatkowski Silva em 16 de novembro de 2021

Alunos do 5º ano de duas escolas municipais de Ponta Grossa interagiram com crianças de todo o país, de maneira remota, na etapa semifinal do projeto

A animação foi grande entre os estudantes da rede municipal que participaram das semifinais da 7ª Olimpíada da Língua Portuguesa. Nesta fase nacional, duas turmas ponta-grossenses participaram de encontros virtuais para estudos, de maneira lúdica e interativa, com professores e alunos de todo o Brasil. 

As escolas municipais Pascoalino Provisiero (Jardim Novo Vila Velha) e Aristeu Costa Pinto (Ronda) representaram o Paraná na categoria Poema. Eles concorreram com produções de 3.877 cidades. As duas turmas semifinalistas participaram da interação por meio de uma plataforma online da organização da OLP 2021, com momentos ao vivo e aulas gravadas. As reuniões fizeram parte de uma formação continuada, que teve o objetivo de observar o que cada aluno produziu e assim continuar desenvolvendo a escrita. 

Os alunos da Pascoalino Provisiero, por serem moradores da zona rural, foram reunidos no polo tecnológico do Núcleo de Práticas Integrativas e Complementares (NUFAT/SME), onde há um laboratório de informática preparado com notebooks, câmeras e outros equipamentos. A aluna Milena Aparecida ficou entusiasmada com o formato do estudo. “Achei muito legal a atividade. Gosto de escrever poemas e histórias”, disse a pequena.

Colega de Milena, Ana Júlia também se encantou com a novidade. “Aprendi que devo sempre acreditar nos meus sonhos, eu amo escrever”, conta a aluna. A professora da turma, Poliana Cristine Aureliano Guilouski, afirma que os encontros deram sentido especial para tudo que foi trabalhado em sala de aula. “Está sendo uma experiência muito rica. Os alunos ficaram bastante entusiasmados em poder trabalhar com os computadores” disse a docente.

A coordenadora pedagógica da escola Aristeu Costa Pinto, Bruna Thomaz, considerou que a experiência enriqueceu os conhecimentos dos alunos. Os alunos fizeram as aulas na própria escola ou em casa. “Foi uma surpresa sabermos que, entre tantas escolas, fomos uma das selecionadas para a semifinal. Os alunos ficaram empolgados e motivados. Participaram dos encontros online com outros alunos, que também foram semifinalistas. Foi um momento rico em troca de vivências, pois essa atividade envolveu crianças de todo o Brasil, tendo como foco o tema ‘o lugar onde vivo’, narra a pedagoga.

Resultado

Somando todas as categorias, foram reunidas 112 mil inscrições de 27.847 escolas de Ensino Fundamental e Médio. Na região Sul, apenas uma escola do Rio Grande do Sul passou para a fase final, com outras 15 de todo o país. O resultado foi divulgado na noite de sexta-feira (12).

comment Comentários: