SME 4 semanas atrás

Escolas municipais de PG premiam alunos na Olimpíada da Matemática


por Rodrigo Kwiatkowski Silva em 8 de novembro de 2021

700 alunos da rede municipal participaram da OBMEP 2021 em Ponta Grossa; aluno da Escola Zanoni Rogoski gabaritou a prova

A edição nacional da 16ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), foi realizada durante o mês de outubro, em todas as escolas municipais de Ponta Grossa. Cerca de 700 alunos do 4º e 5º anos responderam à prova nacional de 15 questões e um aluno da rede municipal gabaritou a prova. Todos os participantes receberam certificados, enquanto os mais bem colocados receberam medalhas oferecidas pelas equipes gestoras.        

Como não houve competição entre as escolas, os alunos foram certificados conforme a colocação em cada unidade. Eles receberam os certificados de 1º, 2º e 3º lugar e menção honrosa para o 4º lugar, além do certificado de participação na OBMEP para os alunos que não se classificaram nas primeiras posições. Nove alunos da rede municipal acertaram 14 das 15 questões, enquanto um estudante gabaritou a prova.

Na Escola Municipal Zanoni Rogoski, dois alunos ficaram entre os mais bem colocados na OBMEP 2021. João Carlos Loezer, do 4º ano, teve 100% de acertos na OBMEP. Ele diz que ama matemática e considerou que a prova não foi difícil. “Meus pais me ajudam a estudar em casa. Fiquei muito feliz com o resultado”, disse o menino.

A professora da turma de João Carlos, Indianara Popovski Almeida, alegrou-se ao saber que seu aluno acertara todas as questões da prova. “João sempre demonstrou muito interesse na disciplina, mesmo com suas dificuldades, ele gosta bastante de matemática e é dedicado em todas as aulas” conta a docente.

Gabriela Lizieri, do 5º ano, contou que não esperava ficar tão bem colocada. Ela acertou 14 questões. “Fiquei muito feliz pelo meu resultado e agradeço muito à minha professora por isso. Achei que a prova estava fácil”, afirma a aluna. “Foi uma alegria muito grande, pois foi neste momento que vi que meu trabalho está sendo feito com sucesso. Agradeço bastante a ajuda dos pais da aluna, porque são comprometidos em ajudar na aprendizagem dela. Gabriela é muito dedicada” disse a professora Luciana Stefanzaki.

A coordenadora de matemática na SME, professora Annaly Schewtschik, afirma que a prova veio para colaborar na formação do pensamento matemático das crianças. “Posteriormente, os professores podem utilizar esta prova para desenvolver o aprendizado dos alunos”, finaliza a docente.

Pontuação OBMEP

15 acertos (100%)

João Carlos Loezer, do 4º ano da Escola Municipal Zanoni Rogoski

14 acertos

Gabriela Lizieri, 5º ano da Escola Municipal Zanoni Rogoski

Thaisa Albuquerque da Luz, 5º ano da Escola Municipal Dr. Raul Pinheiro Machado

Alice Kaveski, 5º ano da Escola Municipal Dr. Raul Pinheiro Machado

Gusthavo Lara de Oliveira, 5º ano da Escola Municipal Dr. Raul Pinheiro Machado

João Pedro Fiola, 5º ano da Escola Municipal Dr. Raul Pinheiro Machado

Pedro dos Santos de Marins, 5º ano da Escola Municipal General Aldo Bonde

Allan Petrick Popuaski Vandoski, 5º ano da Escola Municipal Professora Idália Góes

Otávio Rodrigues Conrado, 5º ano da Escola Municipal Professora Maria Coutin Riesemberg

Luca Ávila Rodrigues de Oliveira, 5º ano da Escola Municipal Cyrillo Domingos Ricci

O que é a OBMEP

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) é um projeto nacional dirigido às escolas públicas e privadas brasileiras, realizado pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada – IMPA, com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática – SBM, e promovida com recursos do Ministério da Educação e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC.

Dentro dos objetivos do projeto, estão o de estimular e promover o estudo da matemática no Brasil, promover a difusão da cultura matemática, identificar jovens talentos, promover a inclusão social por meio da difusão do conhecimento, entre vários outros.

As provas são realizadas em fase única e são compostas de 15 questões objetivas com cinco alternativas, sendo apenas uma correta. Alunos matriculados em outras modalidades, como EJA, estão aptos a participar desde que sua série escolar corresponda ao 4º ou 5º ano do Ensino Fundamental.

comment Comentários: